25.7.06

foto # 4A > Volteios

Quanto à perspectiva,
cabe, da explosão ao abismo,
dúvida barroca?


Então, um reencontro com o passado, perto da padaria.
Vejo a entrada de um prédio antigo, que já admirara anos atrás, típico de Santa Teresa, dos que crescem para baixo, em subsolos e subsubsolos.
Paredes gastas, rabiscos... Esse lugar me fascinava porque, além da escada descendo, a construção ao nível da rua passa por cima do vão, forma um arco sobre ele.
Abaixo a escuridão e a passagem estreita, acima a obstrução e o estouro da luz. E um silêncio, como se jamais alguém tivesse passado por ali...
Fiel às limitações autoassumidas, dei foco na grade do portão e estas curvas banais vieram evocar em mim grandes questões estéticas, visuais, existenciais, entranhadas, sei lá, neste pequeno pedaço de mundo humano, nesse corte analítico de sociedades, nessa autópsia de civilizações...

Claro que só pensei nisso tudo depois...

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Here are some links that I believe will be interested

12:58 AM  

Postar um comentário

<< Home